15 de outubro de 2020


Como tornar a assembleia de condomínio mais objetiva?

Dúvidas sobre a soberania da assembleia de condomínio? Iremos falar sobre alguns pontos importantes aqui! Portanto, vamos começar pela duração da assembleia de condomínio, essa é uma das maiores reclamações dos condôminos e as justificativas mais comuns de não comparecimento. A demora nos debates, as discussões paralelas e os desvios de pauta afugentam os participantes. […]

Dúvidas sobre a soberania da assembleia de condomínio? Iremos falar sobre alguns pontos importantes aqui! Portanto, vamos começar pela duração da assembleia de condomínio, essa é uma das maiores reclamações dos condôminos e as justificativas mais comuns de não comparecimento. A demora nos debates, as discussões paralelas e os desvios de pauta afugentam os participantes.

Aqui vão algumas dicas para tornar a reunião mais dinâmica:

Elabore uma pauta curta: É melhor realizar mais assembleias durante o ano com, no máximo, três itens, do que uma anual com nove ou dez. Ou seja, elas serão mais rápidas, não cansarão, e propiciarão maior objetividade e melhores resultados.

Não inclua assuntos gerais (sempre que possível): Pedidos, sugestões ou queixas podem ser feitas pessoalmente, por e-mail ou telefonema. Sendo assim, não é preciso esperar a assembleia para reclamar do hall do andar que está sujo, do vaso cuja planta está morrendo, e etc.

Evite debates das decisões da última assembleia: Em muitas ocasiões, os condôminos pensam ser possível rediscutir os assuntos da assembleia passada, quando na verdade é feita uma leitura apenas da redação que se ratifica ou altera. Isso acontece quando certo trecho não refletiu exatamente o que foi dito ou decidido ou, ainda, algo foi omitido. Alguns insatisfeitos com as decisões do encontro anterior aproveitam-se deste item para tentar alterá-las, o que não é possível nem deve ser permitido.

Distribuir a previsão orçamentária com antecedência: Desta forma, os condôminos poderão ler detalhadamente e decidir com maior propriedade, evitando perda de tempo. O síndico e a administradora encontram muita dificuldade em fazer com que os condôminos entendam o objetivo da previsão, que é definir pela manutenção ou aumento do valor da taxa condominial.

Definir o tempo: Preferencialmente, incluir nas convocações o tempo para exposição do assunto e para os debates. Cinco minutos por pessoa é suficiente. É lógico que não será respeitado, mas ajudará o presidente da assembleia a colocar os assuntos logo em votação.

Escolher presidente um condômino que seja objetivo: Ele precisará controlar o andamento dos trabalhos de forma a não deixar que as discussões fiquem intermináveis. E que, após debates, coloque logo o assunto em votação.

Deu para ter uma nova visão sobre a dinâmica na assembleia de condomínio? Esperamos que sim, essa leitura pode ficar ainda mais completa se você deixar suas dúvidas aqui nos comentários.

Além disso, leia nosso post sobre: Fraude no boleto bancário.

Marketing RODERJAN

Deixe seu comentário

QUER SABER MAIS?
FALE COM A RODERJAN

LIGUE PARA NÓS
(47) 3261-7702